Lembre-se: O Big Brother, agora, é real!
Lembre-se: O Big Brother, agora, é real!
Posted by

Lembre-se: O Big Brother, agora, é real!

No meu artigo ‘Qual é o seu Avatar? Avestruz ou Pavão?’ abordei sobre as redes sociais e qual deveria ser a nossa conduta nesse vasto mundo novo que, a cada dia, se forma e se reforma, bem na frente dos nossos olhos. Pois bem, volto a esse assunto neste artigo.

Acompanho, pelas redes sociais, um grande número de dentistas e, uma certa conduta vem me intrigando e assustando. Alguns, poucos na verdade, ainda não entenderam que estão sendo observados vinte quatro horas por dia. E esses observadores são seus clientes, seus potenciais clientes, formadores de opinião e muita gente que pode espalhar o que vê e o que lê nas redes sociais para o mundo real. Pois, as redes sociais são fóruns onde pessoas com a mesma afinidade se encontram.

O que me assusta e me intriga são certas atitudes e atos que são claramente contra as pessoas que os praticam. Leio comentários de colegas depreciando seus clientes, vejo colegas expondo seus clientes de forma jocosa e rude e tenho vergonha de colegas que assume um vocabulário chulo, para se expressar e marcar sua posição sobre determinados assuntos. Bom, esse artigo não é um manual de etiquetas e nem quero ditar regras de comportamento. Só quero esclarecer alguns pontos e dar um “puxãozinho” de orelhas nesses colegas falastrões.

A razão da existência dos nossos consultórios e clínicas são os nossos clientes. São eles que geram a receita para pagarmos nossas despesas e são eles que geram os nossos lucros. Então, não acho que seja uma atitude muito acertada falar mal deles em praça pública e muito menos em fóruns de ordem mundial como as redes sociais. Eles podem até não ler a crítica, mas um parente, um amigo ou mesmo um ex-futuro cliente pode ler o que você falou… Sei que nem todos clientes são corretos, mas você não ganha nada falando mal deles na internet. Só tem a perder!!! Quer desabafar? Faça isso com seu terapeuta.

Outra questão é dos vocabulários chulos. Leio, diariamente, na minha timeline, palavras chulas e de baixo calão postadas por alguns colegas. Falo e afirmo, isso agride até a mim, que não tenho alma de madre superiora. Imagine como essas palavras chegam e ficam pulsando no cérebro dos seus clientes e daqueles que poderiam ser clientes, não que eles sejam a reencarnação de Madre Teresa de Calcutá, mas, eles esperam de nós uma postura equilibrada e sóbria. Se hoje em dia é até proibido xingar a mãe do juiz de futebol, imagine desfiar todos os vocábulos, digamos, menos cultos, na timeline alheia???

Muitos se justificam falando que o perfil é deles e sendo assim fazem o que bem entendem. Sim, isso é verdade. Mas, os perfis são públicos… Duvida? Coloque sua arroba no Google e veja todos os seus tweets lá! Coloque o seu nome no Google, e veja o seu perfil do Facebook aparecer diante dos seus olhos!

Então, essa é a questão! Cada vez mais somos mais públicos do que gostaríamos de ser. Precisamos mais do que nunca, zelar por nossa reputação, por nossas condutas e pelos nossos atos.

Leonardo Augusto da Matta Fonseca é especialista em Ortodondia e em Gestão de Saúde. mattafonseca@gmail.com http://www.ortoblog.com/

Comments

0 Comentários desativados em Lembre-se: O Big Brother, agora, é real! 831 02 fevereiro, 2016 Coaching e Carreira, Leonardo Augusto fevereiro 2, 2016
Leo Augusto

About the author

Especialista em Ortodondia e em Gestão de Saúde. mattafonseca@gmail.com

View all articles by Leo Augusto

Pesquisar

Parceiros

Facebook